março 14, 2016

SL Benfica-Tondela, 4-1


Festa, golos e liderança

O Estádio da Luz recebeu, na noite desta segunda-feira, o jogo que encerra a 26.ª jornada da Liga NOS. Os 51.314 espectadores viram a vitória por 4-1 e o regresso do Bicampeão à liderança da tabela classificativa.

Montado no figurino habitual, em 4-4-2, o Sport Lisboa e Benfica apresentou mudanças em algumas peças em relação ao jogo em São Petersburgo. O treinador Rui Vitória manteve Nélson Semedo à direita, mas fez entrar Jardel para o eixo da defesa e colocou Talisca no lugar do castigado Renato Sanches; no miolo, o lugar de médio mais recuado foi ocupado por Fejsa.

O Bicampeão marcou logo aos 10 minutos através da cabeça de Jardel, num jogo acutilante durante toda a primeira parte, apesar de nem sempre bem jogado. O Tondela recusou trazer o “autocarro” para a Luz, esticou o seu Futebol a toda a largura do relvado e, mesmo não criando problemas de maior a Ederson, obrigou a defesa Benfiquista a estar sempre com atenção máxima.

Antes disso, logo no primeiro minuto, Mitroglou introduz a bola na baliza defendida por Cláudio Ramos, mas o lance foi invalidado e mal pela equipa de arbitragem. A bola vem diretamente de Ederson para Mitroglou através da marcação de um pontapé de baliza, logo nunca poderia ser assinalado fora de jogo, apesar de, neste caso, ter ficado a ideia de que o grego está em linha.

Fazendo jus à máxima de que “este Benfica tem golo fácil”, a eficácia foi tremenda. Decorria o minuto 23 quando uma jogada bem orquestrada pelo coletivo deu no golo de Jonas, o 27.º nesta Liga NOS. Gaitán – que já tinha assistido Jardel para o 1-0 – fez o passe letal.

O intervalo chegava com o conjunto da casa a vencer por dois tentos sem resposta perante um Tondela atrevido.

Na etapa complementar, Rui Vitória mexeu na equipa e isso repercutiu-se na qualidade de jogo da equipa. Mais bola, maior assertividade no ataque à baliza do Tondela, só Cláudio Ramos foi evitando o 3-0, com defesas a remates de Mitroglou em três ocasiões.

“Pistolas” voltou a fazer estragos

Porém, aos 68’, nada pôde fazer para travar a cabeçada de Jonas. O brasileiro deu o melhor seguimento a um lançamento lateral de Eliseu, que a meio, sofreu um desvio até à cabeça do camisola 17.

Com 28 golos, Jonas é o melhor marcador do Benfica, em Portugal e na Europa. Impressionante!

A fechar e depois de tantas tentativas, o grego Mitroglou fez o 4-0 aos 87 minutos.Nos descontos, Nathan Júnior fez o 4-1 final.

As “águias” lideram a classificação com 64 pontos e no domingo vão até ao Bessa enfrentar o Boavista.

O Sport Lisboa e Benfica alinhou com Ederson; Nélson Semedo, Lindelöf, Jardel, Eliseu; Fejsa (Samaris, 69’), Talisca (Salvio, 54’), Pizzi, Gaitán (Gonçalo Guedes, 57’); Jonas e Mitroglou.

Marco Rebelo
Fotos: Isabel Cutileiro e João Paulo Trindade / SL Benfica

Sem comentários: