maio 28, 2009

Fundo de Jogadores, a ser verdade_ BEM VINDO

In site DN

Benfica avança para criação de fundo de jogadores

Clube procura valorizar jogadores que ainda vão ser contratados e parte dos passes dos actuais futebolistas do plantel.

O Benfica está em contactos avançados para a criação de um fundo de jogadores, apurou o DN. As reuniões têm-se sucedido e ainda na última terça-feira Luís Filipe Vieira, presidente dos encarnados, viajou para Londres, em Inglaterra, na companhia de Domingos Soares de Oliveira, administrador executivo da SAD e responsável pela área financeira do clube das águias, para se encontrarem com possíveis investidores para o referido fundo.

Os dados estão lançados e os interessados, sabe o DN, já são alguns, nomeadamente do estrangeiros. Os encarnados estudam tudo ao mínimo pormenor, estão agradados com o feedback con-seguido e as boas perspectivas de lucro com o fundo fizeram com que Luís Filipe Vieira e a restante direcção aprovasse todo este processo.

Há muito que o principal dirigente do Benfica estuda esta opção, chegou mesmo a ter conversas com o empresário Joe Berardo, por altura da OPA da Metalgest no Verão de 2007, e agora resolveu investir.

Apesar do bom encaminhamen- to deste processo, ainda falta definir a fórmula final do fundo, visto que há diferentes modelos em análise.

Um fundo de jogadores passa por ser um capital aplicado na aquisição da totalidade dos direitos económicos de um futebolista profissional. Disponibiliza-se uma verba e essa é aplicada na contratação, depois os investidores compram participações e aquando da venda recebem os dividendos. Por sua vez, os detentores do fundo vão realizando capital quer com os investimentos de quem está interessado, assim como com a venda final.

Também os passes que já pertencem aos quadros do clube podem ser valorizados. Neste caso, o Benfica cederia apenas participações a esse mesmo fundo, e não a totalidade dos mesmos.

Nos fundos há também duas vertentes: se for aberto, o clube pode pôr à venda participações sobre passes de jogadores a subscritores; se for fechado, ninguém, além dos investidores iniciais, poderá realizar qualquer oferta.

Contactado pelo DN, o emblema da Luz não quis fazer qualquer tipo de comentários sobre este determinado assunto, limitando-se a fonte encarnada a dizer que "o presidente Luís Filipe Vieira esteve em Inglaterra juntamente com o administrador Domingos Soares de Oliveira a tratar do futuro do Benfica".

Apesar de as principais reuniões para este fundo terem tido como pano de fundo Londres e Lisboa, sabe o DN que também poderá haver capital angolano envolvido. Há interessados naquele país, ainda que nada esteja concretizado.

Há muito que o Benfica tem recebido contactos vindos do continente africano, sobretudo de Angola, visando possíveis parcerias. A administração dos encarnados tem estudado todas as possibilidades, e a entrada dos mesmos neste fundo de jogadores não está, de todo, descartada.

De Inglaterra há outros curiosos. O empresário Pini Zahavi, um dos responsáveis pela contratação de Ramires para o Benfica, é um dos que já manifestaram interesse, ainda que, também neste caso, nada esteja oficializado. Até porque, apesar de tudo estar a caminhar a passos largos para a oficialização desta intenção, os encarnados só vão concretizá-la quando limarem todas as arestas que ainda faltam.


P:S Só vem provar que o SLBenfica é uma marca grande e de valor tanto em Portugal como no Estrangeiro, e Económicamente apetecível.
Esta direcção está no caminho certo em termos financeiros, para ter um SLBenfica forte e grandioso.
Só falta esta performance a nível desportivo...............

Sem comentários: