agosto 29, 2013

Homenagem aos Bombeiros


Um texto que realmente vale a pena ler...mesmo! Principalmente porque é escrito por um civil! Obrigado!

"Palavras de Filipe Roberto que se refere ao grande incêndio da Covilhã onde faleceu o meu colega Pedro Rodrigues":

"Na voltinha de hoje, sozinho, um gajo tem tempo para arrumar as ideias. E fui assaltado por uma imagem que me vai ficar durante muito tempo na memória. Depois fui ao funeral do bombeiro falecido aqui no incêndio e pior fiquei... Durante o incêndio, a certa altura fui para os Vales do Rio. Num local onde as chamas ameaçavam algumas casas. Estavam 2 equipas de bombeiros nesse local, e eu fui ajudar a equipa que estava mais abaixo. A 20metros mais acima estava outra equipa, num local mais perigoso.

O dono de uma dessas casas insultava os bombeiros à distância, porque estavam a fazer um mau trabalho, porque para ele apenas a sua casa importava... De repente, o vento acelera de tal forma, que fez toda a gente fugir em pânico. Lembrei-me das palavras sábias das conversas com o Leonel, que o mais importante era manter a calma, e foi isso que me impediu de largar a mangueira que segurava... Baixei-me protegi as vias aéreas e embora tenha ganho uma depilação mal feita, lá me safei...

Mas o que realmente importa foi o que se passou com a outra equipa... O motorista fugiu, menos protegido. E só ouvi, penso que quem estava com a agulheta, gritar "aguenta car@lho"... Bem, o que se passou nos segundos seguintes mas que pareceram longos minutos, foi qualquer coisa de horroroso. Estes 3 homens e a viatura simplesmente desapareceram no meio do fumo e das chamas, que passavam por cima deles e por cima da casa que protegiam, a do tal homem... O barulho tornou-se ensurdecedor... As mulheres a gritar " já lá ficaram"... Indescritível. Passou um helicóptero que deu uma ajuda, e do meio daquele pandemônio, apareceram eles quando o fumo se dissipou, no mesmo sítio onde deixaram de se ver... Esta é a tal imagem que nunca vou esquecer. Por muitos anos que viva...

Também nunca vou esquecer o que se passou a seguir. Quando aquilo acalmou, eles salvaram aquelas casas, e um rapaz virou-se para o tal homem e disse " vá, chama-lhes agora nomes". Já vi muita cara de arrependido, mas esta não deixava dúvidas. O bombeiro que estava lá na frente, exausto, sentou-se no chão, com as calças rotas, cuecas à mostra... Enfim, mostra o que passaram naqueles segundos... O tal homem, vai buscar uma garrafa de água ao frigorífico, e ainda é o bombeiro que no final lhe diz obrigado... Confesso que ainda não tinha pensado muito nisto, mas hoje, a sós com os meus pensamentos, não consegui pensar nisto sem que me viessem as lágrimas aos olhos... E pior fiquei no enterro do Rodrigues...

Como são grandes estes homens. Conseguem imaginar? Enquanto muita gente envergava a fatiota do domingo e sentados na esplanada do café, só os criticavam. Para estes digo o seguinte: agarrem numa enxada e vão ajudá-Los. E quando passarem 3 ou 4 dias privados de descanso, de água, de comida, quando se sentirem fisicamente e psicologicamente exaustos, quando se sentirem insultados, enxovalhados e ameaçados por pessoas como vocês, quando sentirem que ninguém vos dá valor, sentirem-se longe das vossas famílias, longe das vossas casas, quando souberem o que é ter nas vossas mãos a vida dos vossos camaradas e eles terem nas suas mãos as vossas vidas, e o único conforto que têm é esse espírito de camaradagem, sentirem-se abandonados, e depois disso tudo, quando a sirene tocar, continuarem a subir para dentro do carro prontos para ajudar quem não vos dá valor, aí sim, ganharam o direito de os criticar. Pessoalmente duvido que tenham sequer força para ainda dizer "aí"... Que tal? Eras capaz? Não? Então limita-te a agarrar num bocado de pão, numa garrafa de água, e entrega-a a um bombeiro, juntamente com um abraço. Por estranho que te deva parecer, são eles que ainda te vão agradecer... Até nisso são grandes. Dasse... Se fosse o CR7 era um herói de muitos... E estes homens e mulheres anónimos, que oferecem as suas vidas para nosso conforto e ninguém os valoriza. Enquanto Português, eles enchem-me de orgulho. Obrigado a todos. E TU descansa em paz .


Texto retirado deste facebook

Sem comentários: