novembro 25, 2012

SLBenfica – Olhanense, 2-0


Triunfo a olhar para a liderança!
A equipa de Futebol profissional do Sport Lisboa e Benfica venceu o Olhanense no sábado, dia 24 de Novembro, por 2-0, numa partida a contar para a 10.ª jornada do Campeonato Nacional.

O conjunto da Luz somou, assim, a sua oitava vitória na competição. Conheça os dados estatísticos de uma partida que teve sentido único. 



 A equipa principal de Futebol do Sport Lisboa e Benfica recebeu e venceu, este sábado, no Estádio da Luz, o Olhanense por 2-0, em jogo referente à 10.ª jornada da Liga portuguesa. Cardozo e Luisão apontaram os tentos.

Para esta partida, o treinador Jorge Jesus fez algumas alterações face ao último jogo com o Celtic. Maxi Pereira, Carlos Martins e Rodrigo foram titulares nos lugares de André Almeida, de Enzo Perez e de Lima, respectivamente.

Na antecâmara da partida, Sérgio Conceição, treinador dos algarvios, referiu que o autocarro da equipa iria ficar estacionado no parque de estacionamento do Estádio, mas não foi isso que se viu. Este pareceu ter resvalado para o relvado, nomeadamente na primeira metade, pois apenas uma equipa quis verdadeiramente vencer, a da casa.

E guarda-redes, Bracali muito cedo começou a ser protagonista. Aos dois minutos, Salvio rematou com perigo e o brasileiro sacudiu para canto. O acerto do guardião continuou aos oito minutos quando Ola John, depois de ter recuperado o esférico, rematou de longe, muito colocado e Bracali a defender, de novo, para canto.

O duelo entre o guarda-redes do Olhanense e o extremo holandês teve a sequela aos 17´. Maxi Pereira centrou da direita e Ola John atirou com grande espectacularidade, mas Bracali voltou a opor-se.

Porém, tantas vezes o cântaro vai à fonte… E a resistência dos “rubro-negros” durou até aos 26 minutos. O golo começou a construir à passagem do minuto 24 com Vasco Fernandes a derrubar Maxi Pereira dentro da grande área, algo que não passou despercebido ao árbitro Rui Silva. Este “apenas” se esqueceu de mostrar o respectivo cartão amarelo ao jogador. Chamado a converter o castigo máximo, o paraguaio Cardozo não perdoou e inaugurou o marcador na Luz.

Apesar de ter continuado a carburar em busca de avolumar a vantagem, os jogadores do Benfica foram para os balneários a vencer por 1-0.

A segunda parte começou com uma boa estirada de Artur Moraes a um tiro de David Silva, nesta que foi a primeira, e praticamente, a única oportunidade da turma de Olhão.

O desafio parecia ter recomeçado numa toada morna, mas à passagem do minuto 59 o “frisson” voltou. Primeiro através de uma subida de Melgarejo pela esquerda, centrou, no meio da confusão, a bola sobrou para Salvio que esteve muito perto do golo, mas a defensiva afastou para canto. Na sequência deste foi Garay que obrigou Bracali à defesa da noite.

Não marcou o argentino, marcou o seu colega do eixo defensivo aos 71´. Enzo Perez, acabado de entrar, marcou o canto e com um cabeceamento de baixo para cima, como mandam as leis, o capitão dos “encarnados” estreou-se a marcar na Liga.

A vencer de forma confortável, o Benfica geriu o jogo com posse de bola e os ritmos, mas não deixou de tentar visar a baliza. Aos 84´, Lima centrou da esquerda, o esférico foi ter com Salvio, este contornou Bracali e com a baliza escancarada, rematou contra Babanco.

Ao cair do pano, Ola John arrancou na esquerda, colocou a bola na área e Lima obrigou Bracali a mais uma intervenção.

Este triunfo permite às “águias” somarem 26 pontos, estando na liderança da tabela classificativa com 26 pontos.

O Sport Lisboa e Benfica actuou com o seguinte onze: Artur Moraes; Maxi Pereira (André Almeida, 86´), Luisão, Garay, Melgarejo; Matic, Carlos Martins (Enzo Perez, 67´), Ola John, Salvio; Cardozo e Rodrigo (Lima, 67´).

Texto: Marco Rebelo
Fotos: Isabel Cutileiro / SL Benfica

Sem comentários: