novembro 05, 2012

SLBenfica – V.Guimarães, 3 - 0


Benfica – V. Guimarães, 3-0: Pé esquerdo embalou o berço

 A equipa de Futebol profissional do Sport Lisboa e Benfica recebeu e venceu o V. Guimarães, este sábado, por 3-0, retomando a 1.ª posição da tabela classificativa.

O treinador Jorge Jesus mostrou algumas surpresas no onze inicial, nomeadamente pelas titularidades dadas a Ola John, a Carlos Martins – este recuperado de uma lesão – e a Luisinho. Essas mudanças não se fizeram sentir na qualidade de uma equipa que entrou forte, dominadora, com uma posse de bola avassaladora, obrigando o oponente a jogar grande parte dos primeiros 45 minutos atrás da linha da bola.

Aliás, o Benfica surpreendeu pelo facto de conseguir com a mesma qualidade bascular o seu ataque tanto pela ala direita como pela esquerda, muito por fruto de excelentes desempenhos de Maxi Pereira e Salvio na direita e de Luisinho e Ola John no corredor contrário.

Não foi, assim, de estranhar quando as oportunidades de golo começaram a surgir na baliza defendida por Douglas. As primeiras foram através de pontapés de canto aos 15´ e aos 23´. No primeiro foi um remate forte de Cardozo que foi desviado pela linha final pela defensiva vimaranense, e mais tarde com uma série de remates que embateram num amuralhado de pernas de jogadores do V. Guimarães presentes na grande área.

Aos 32 minutos, foi Carlos Martins quem teve a oportunidade de marcar no pé direito, mas o seu remate saiu ligeiramente ao lado. Não foi ali, foi passado cinco minutos. O camisola 17 deixou o esférico para Ola John, este cruzou com peso e medida para a cabeça de Cardozo que, com um gesto técnico irrepreensível, colocou a bola no fundo das redes da baliza minhota. Estava aberto o marcador na Luz!

Até ao intervalo, referência para um cabeceamento perigoso, de baixo para cima, de Garay, após ter recebido o esférico de Salvio. A etapa complementar começou com uma grande arrancada de Ola John, pela esquerda, centrou para o segundo poste, onde apareceu Salvio. O argentino sofreu falta de Addy, João Ferreira viu e assinalou grande penalidade (46´). Dois minutos depois, Cardozo bisava.

Os “encarnados” a vencerem por dois golos foram gerindo com posse e voltaram a fazer o “gosto ao pé” aos 67 minutos. Lima estreou-se a marcar na Luz após ter recebido o esférico endossado por Cardozo. Três minutos depois, de livre, Garay rematou perto da baliza de Douglas.

O árbitro João Ferreira não se mostrava (e bem), mas parece que teve défice de protagonismo e, como tal, resolveu expulsar de forma totalmente injusta o jovem André Gomes aos 79 minutos.

Com este triunfo, o Benfica voltou à liderança do Campeonato, ex-aequo com o FC Porto com 20 pontos e preparará durante a semana o jogo da Champions com o Spartak Moscovo.

O Sport Lisboa e Benfica iniciou a partida com o seguinte onze: Artur Moraes; Maxi Pereira, Jardel, Garay, Luisinho; Matic, Carlos Martins (André Gomes, 45´+1), Salvio (Gaitán 69´), Ola John (Bruno César, 73´); Lima e Cardozo.

Texto: Marco Rebelo
Fotos: Isabel Cutileiro / SL Benfica

Sem comentários: