fevereiro 24, 2013

SLBenfica – P. Ferreira, 3-0


Benfica – P. Ferreira, 3-0: Muita classe dá triunfo natural

A equipa de Futebol do Sport Lisboa e Benfica recebeu e venceu, no Estádio da Luz, o Paços de Ferreira, por 3-0, com golos de Enzo Perez, Cardozo e Lima.

Jorge Jesus apresentou um Benfica praticamente na máxima força, que entrou pressionante e isso viu-se no golo obtido cedo. Aos 7’, jogada de entendimento entre Ola John, Lima e Salvio, que descobre à frente da área Enzo Pérez, com o argentino a arrancar para a baliza e a bater Cássio com uma finalização de classe!

Estava desbloqueado o marcador na Luz, mas o Benfica queria mais e à passagem do minuto 22, Luisinho centrou, mas Cardozo, em boa posição, rematou de cabeça por cima. Dois minutos volvidos, Ola John tira um cruzamento “venenoso”, Cardozo lutou entre os centrais, o esférico sobrou para Salvio com este a rematar, mas Cássio defendeu.

O conjunto da casa ia-se acercando cada vez mais da área pacense e aos 29’, após excelente jogada individual de Salvio, a bola sobrou para Lima que disparou de pé esquerdo para Cássio sacudir.

A jogar de forma organizada, mas sem conseguir sai para o contra-ataque (mérito do Benfica), o Paços de Ferreira foi pela primeira vez à baliza de Artur aos 31 minutos após perda de bola de Luisinho, mas só ganhou um canto.

Os comandados de Jorge Jesus tentavam o golo da tranquilidade e Cardozo bem o tentou. Porém, o esférico endossado por Ola John embateu no poste.

O 1-0 ao intervalo sabia a pouco pelo que o Benfica tinha produzido. Tal como na primeira parte, os “encarnados” entraram decididos na etapa complementar e aos 45’ um remate de Cardozo obrigou Cássio a desviar para canto. Na sequência deste, Luisão, nas alturas, envia a bola ao poste e na recarga, Cardozo fez o 2-0.

O tento da tranquilidade estava conseguido, mas Carlos Martins também queria marcar e testou a atenção de Cássio aos 52 minutos.

A perder por 2-0, os pupilos orientados por Paulo Fonseca resignaram-se, mas ainda foram a tempo de sofrerem o 3-0, por intermédio de Salvio, após falhanço de Lima. Uma palavra para a assistência de cabeça de Aimar.

O onze inicial do Sport Lisboa e Benfica foi o seguinte: Artur; Maxi Pereira, Luisão, Garay e Luisinho; Matic, Enzo Perez (Carlos Martins, 45’), Ola John (Pablo Aimar, 71’) e Salvio; Lima e Cardozo (Gaitán, 63’).

Texto: Marco Rebelo
Fotos: Gualter Fatia / SL Benfica

Sem comentários: