setembro 17, 2014

Luís Filipe Vieira: “Obrigado a todos”


“Há momentos que nos marcam por serem tão genuínos e tão intensos que ficaremos agarrados a essa memória por muitos anos que passem. A manifestação de benfiquismo que se viveu ontem no Estádio da Luz foi impressionante pela dimensão que assumiu.

Os que estiveram em campo honraram a camisola, os sócios e adeptos engrandeceram o Clube num momento único que não deixou ninguém indiferente, dentro ou fora do Estádio. Manifestações como as de ontem transformam tudo, dão-nos a dimensão de quem verdadeiramente somos.

A gratidão é um dever quando temos a felicidade de viver um momento como o de ontem.

Podemos falhar e de certeza que vamos falhar. Podemos perder e em alguns momentos vai acontecer, mas o que nunca nos pode faltar é entrega, empenho, determinação e isso nunca faltou aos nossos jogadores dentro de campo. Perdemos um jogo, ganhámos uma nova vida e uma nova alma.

Vivi cada um daqueles minutos finais como se de um título se tratasse. São momentos como este que me fazem sentir um tremendo orgulho por liderar este Clube.

Obrigado a todos e a cada um dos sócios e adeptos que ontem estiveram no Estádio e que mostraram ao mundo de que fibra é feita o Sport Lisboa e Benfica.”

Luís Filipe Vieira

«Vim aqui agradecer a todos os benfiquistas por esta grande manifestação de benfiquismo que chegou até a ser comovente. Uma equipa que está a perder por 2-0 e terminar como terminámos, é a prova evidente de que é o caminho que nós traçámos. É a prova de que com união, querer e com bastante esforço, vamos conseguir os nossos objetivos. Foi assim hoje, mas da próxima vez vamos conseguir o resultado. Foi um grande manifestação de benfiquismo», destacou o presidente no final do jogo.

Até JJ ficou comovido.....
Jorge Jesus, treinador do Benfica, em conferência de imprensa, agradece aos adeptos o apoio deixado à equipa no final do jogo com o Zenit, apesar da derrota (0-2):

[sobre o apoio dos adeptos no final do encontro] «Estou há seis anos no Benfica e já tivemos períodos e vitórias neste estádio que me encheram de emoção, mas hoje saio com muito mais emoção. Perceberam perfeitamente que o jogo não nos correu bem, que tentámos entrar no jogo com um jogador a menos. Não conseguimos, mas tiveram um gesto de reconhecimento que agradeço enquanto treinador. Quando cheguei ao balneário, no final do jogo, o que disse à equipa foi que tínhamos perdido o jogo mas que os adeptos nos disseram que vamos ganhar muita coisa. Vamos para o jogo do Moreirense com ainda mais vontade de vencer, ainda mais moralizados. Para tal precisamos de apresentar a qualidade que temos apresentado nestes jogos, mas que hoje não conseguimos.»

«Julgava que isto não era possível em Portugal. Fizemos vários jogos lá fora e vimos os adeptos, após derrotas connosco, terem este comportamento. Eu dizia para mim mesmo como aquilo era bonito, e que em Portugal não era possível. Gostei muito deste comportamento dos adeptos.»

Sem comentários: