outubro 05, 2014

SL Benfica – Arouca, 4-0


SL Benfica – Arouca, 4-0: Resposta de Campeão consolida liderança!
7.ª ronda da Primeira Liga

O Sport Lisboa e Benfica recebeu e venceu esta tarde, na Luz, a formação do Arouca. Face a um adversário atrevido, foi preciso vestir o fato de macaco e suar a camisola! Talisca, Derley, Salvio e Jonas fizeram os golos de mais uma vitória que consolida a liderança benfiquista na prova.

Foi com algumas alterações no onze habitual que o Campeão Nacional subiu ao relvado da Catedral. Depois de desaire na Alemanha, exigia-se uma resposta cabal do grupo, para mais estando o objectivo principal há muito definido, o Bicampeonato… e assim foi!

Casa bem composta na Catedral, apoio espectacular e incansável vindo das bancadas, num desafio que serviu também para homenagear as Casas, Delegações e Filiais do Clube.

Primeira metade com um Arouca mais atrevido, face a um Benfica lento a ter dificuldades em mecanizar os seus processos. Artur brilhou uma mão cheia de vezes, com intervenções de classe a negar o golo aos forasteiros.

Derley, aos 26’, tentou a sorte, mas foi Talisca que, numa série de ocasiões, testou os reflexos Goicoechea e mostrou-se o mais inconformado com o nulo e o mais castigado pelas entradas duras dos homens de Pedro Emanuel.

Antes do intervalo, Lima (lesionado) saiu para dar lugar ao estreante Jonas. No reatar, Gaitán ficou no banco e entrou o holandês, Ola John.

No reatar, o Benfica entrou mais forte, contudo, continuou a faltar imaginação e rapidez de processos, com os sectores, lentos, a impossibilitarem o golo.



Quando o Campeão quer...

Com o decorrer dos minutos começaram a vir os nervos ao de cima, com os lances a serem muitas vezes resolvidos mais com o coração do que com a cabeça. E quando assim não era, ora a falta de sorte, ora os ferros da baliza resolviam… mas quando se quer muito…

A pressão “encarnada” intensificava-se, sufocando o adversário… e quando o Campeão puxou dos galões o adversário não resistiu mais!

Aos 74’, finalmente, o golo! Talisca, de raça, combina com Derley, leva tudo à frente e remata para o 1-0 e para o seu sexto golo na I Liga, o que o mantém no topo da lista dos melhores marcadores da prova.

Descoberto o caminho para as redes adversárias, aos 80’, grande jogada de Salvio, e Derley, à boca da baliza, só teve de encostar para o 2-0 e para o seu primeiro golo de águia ao peito. Minutos volvidos e foi Salvio, assistido por Ola John, a fazer – de cabeça – o 3-0.

Mas haveria ainda tempo para mais uma estreia a marcar, desta feita, com Jonas a responder da melhor maneira a um grande cruzamento de Ola John. 4-0, vitória justa!

Segue-se uma semana de paragem para compromissos das Selecções Nacionais, com o Sport Lisboa e Benfica a entrar em acção no fim-de-semana de 18/19, para defrontar o Sporting da Covilhã, na 3.ª eliminatória da Taça de Portugal.

O Campeonato regressa no dia 26 de Outubro, com a deslocação a Braga, em desafio da 8.ª ronda da prova; pelo meio, dia 22, viagem até ao Principado do Mónaco, em mais uma jornada relativa à Liga dos Campeões.

O Sport Lisboa e Benfica alinhou com o seguinte onze inicial: Artur Moraes; Maxi Pereira, Lisandro Lopez, Luisão, Eliseu; Samaris, Gaitán (46’, Ola John), Salvio, Talisca; Derley (88', Pizzi) e Lima (44’, Jonas).

SA
Fotos: Rafaela Reis / SL Benfica

1 comentário:

casinos disse...

Bom jogo, resultado ainda melhor. Agora é concentração total para o Jogo do Mónaco. É o tudo o nada na Liga dos Campeões... Carrega Benfica!