maio 04, 2015

Futsal ergue 6.ª Taça de Portugal



SL Benfica – Fundão, 5-2

Todas as atenções centradas este fim de semana em Sines para a realização da Final Four da Taça de Portugal em Futsal.

Nas meias-finais, disputadas sábado, o SL Benfica eliminou o Sporting (2-1) e o Fundão deixou para trás o Módicus (3-0)…

Encontrados os dois finalistas da competição – curiosamente os mesmos de 2013/14 - a Final teve lugar este domingo, com o Pavilhão Multiusos de Sines e vestir-se de emoção e vermelho bem rubro… é que a “maré vermelha” também “leva ao colo” aos Modalidades e nem o presidente, Luís Filipe Vieira, faltou à chamada!

Frente à formação da Cova da Beira, então detentora do troféu conquistado na época passada ao Glorioso, os comandados de Joel Rocha entraram muito fortes e cedo começaram a pautar as operações.

Primeiro Chaguinha, depois Gonçalo Alves e Rafael Henmi, e Patias a fazer a bola beijar a trave; na resposta, grande defesa de Juanjo, face a um Anilton isolado.

Sem golos, as equipas equipararam-se e o jogo abriu por completo, não fosse o lema desta modalidade “Ataque, contra-ataque”.

Chaguinha e Patias testaram mais uma vez os reflexos de Cláudio Martins e, finalmente, a meio da primeira metade, o primeiro golo da tarde, com Ré, com um remate forte, assistido por Bruno Coelho, a fazer o 1-0.

Ditar a vantagem… com qualidade!

A 3´do intervalo, Mancuso tenta cruzar a bola para a área, mas o guardião beirão aborda mal o lance e acaba por ver o esférico entrar na sua baliza: 2-0.

Antes do descanso, lance estudado, Bruno Coelho serve Ré e o internacional luso não desperdiça, bisa na partida e coloca as “águias” e vencer, por 3-0.

Entrada na segunda metade tirada a papel químico da primeira, com o SL Benfica fortíssimo e a dominar por completo… e com uma vantagem de três golos.

Jogo emotivo, intenso, oportunidades para ambos os lados e a 13’ do fim, grande trabalho de Chaguinha, com Bruno Coelho – que já tinha feito duas assistências no jogo - a rematar sem hipóteses para o 4-0.

Vitória sem contestação

Até ao apito final, Jefferson dilatou para 5-0, Mário Freitas, fez o 5-1 e a um minuto do término da partida o mesmo jogador bisou e reduziu para o 5-2.

Vitória justíssima e sem contestação, face a um adversário que lutou até à exaustão, mostrou o motivo de ser finalista da prova, valorizando ainda mais o triunfo das “águias”.

O SL Benfica entrou em quadra com o seguinte cinco inicial: Juanjo, Chaguinha, Rafael Henmi, Alessandro Patias e Gonçalo Alves.

Para atingir a Final da prova “Rainha” do Futsal, o SL Benfica começou por eliminar o SC Braga (1-4), o Amarense (2-6), o Fátima (3-7) e finalmente o Sporting (2-1).

O SL Benfica mantém-se como o Clube recordista de triunfos na Taça de Portugal, com seis títulos, ao que soma seis Campeonatos Nacionais, sete Supertaças e uma UEFA Futsal Cup... um palmarés invejável!

SA
Fotos: Isabel Cutileiro / SL Benfica

Sem comentários: