junho 07, 2015

6.ª Taça da Liga vem para a Luz!



SL Benfica – Marítimo, 2-1

SL Benfica venceu, esta noite, o Marítimo (2-1) e conquistou a sexta Taça da Liga do palmarés.

Último jogo da temporada 2014/2015. Um jogo que se queria ganhar por todos os motivos e mais alguns – não só seria a conquista da 6.ª Taça da Liga da História, como Jorge Jesus passaria a ser o treinador que ganhou mais títulos no SL Benfica: dez.

Acrescia ainda a dedicatória ao infortunado Salvio, que se lesionou na derradeira jornada do Campeonato Nacional, precisamente diante do Marítimo. Como homenagem ao argentino, o plantel do SL Benfica subiu ao estádio Cidade de Coimbra para o habitual aquecimento, com uma camisola onde se podia ler “Força Salvio”. Já se gritava pelos Bicampeões nas bancadas de Coimbra…

Aos 17’, primeira ameaça dos “encarnados”, com um remate perigosíssimo de Nico Gaitán à entrada da área. Aos 20’, Lima disparou a centímetros da baliza, completamente isolado perante Salin. E como à terceira é de vez, aos 37’ estava feito o primeiro da noite. No lado direito Jardel levantou para a área e surgiu Jonas a cabecear direitinho para o 1-0.

Bancadas cheias e milhares de adeptos incansáveis. Os cânticos soavam em Coimbra e “embalavam” os Bicampeões.

A perder pela margem mínima, os insulares responderam mas Eliseu não permitiu o empate. Xavier arrancou, aos 40’, um bom cruzamento na esquerda e Marega não chegou por pouco para emendar, valendo o corte do internacional português. A formação orientada por Jorge Jesus conseguia levar vantagem para o intervalo (1-0).

No segundo tempo, aos 48’, Raúl Silva viu o segundo cartão amarelo deixando o Marítimo reduzido a dez elementos. Ainda assim, aos 56’ chegou ao empate através de João Diogo.

Aos 68’ gritou-se golo novamente em Coimbra, com as bancadas a "levantaram-se" para ver Gaitán pertíssimo do tento na sequência de um livre. O argentino fez a bola rasar o poste...

Aos 73’ Jorge Jesus tirou Miralem Sulejmani para dar lugar a Ola John. O holandês saltou do banco e faturou. No coração da área, Ola John rematou, aos 80’, para o fundo das redes da baliza de Salin para colocar o Benfica novamente na frente.

Ambiente explosivo nas bancadas do estádio Cidade de Coimbra, onde já se festejava a conquista da sexta Taça da Liga do Palmarés. Esperaram-se os quatro minutos de tempo extra dados pelo árbitro Carlos Xistra e depois fez-se a festa, a segunda da temporada depois das celebrações do Bicampeonato!

Jorge Jesus fez alinhar o seguinte onze inicial: Júlio César, Maxi Pereira, Jardel, Luisão, Eliseu, Samaris, Pizzi (68’ Talisca), Gaitán, Sulejmani (73’ Ola John), Jonas e Lima (84’ Fejsa).
FG
Fotos: Isabel Cutileiro / SL Benfica



Sem comentários: