novembro 09, 2009

Liga Sagres SLBenfica_Naval













In Abola

Javi García dá vitória ao Benfica sobre a Naval (1-0)

O Benfica demorou 89 minutos para encontrar o caminho do golo frente à Naval, mas conseguiu uma vitória que o coloca a par do Sp. Braga na liderança do campeonato.

No dia em que se celebra o 20.º aniversário da queda do Muro de Berlim um outro se ergueu no Estádio da Luz.

Montado por Augusto Inácio, treinador da Naval, este muro, no entanto, durou apenas 89 minutos, altura em que Javi García materializou um jogo de intenso domínio do Benfica, com uma cabeçada vitoriosa para o fundo da baliza de Peiser.

O guarda-redes titular dos navalistas, fez meia-dúzia de grandes defesas e negou o golo que parecia certo outras tantas, adiando até ao limite a justa vitória das águias.

A avalanche ofensiva do Benfica durou praticamente do primeiro minuto até final e várias foram as vezes em que os mais de 41 mil espectadores presentes gritaram golo. Todas menos uma – a dos 89 minutos – foram falso alarme.

Nuno Gomes, já na segunda parte, levou os adeptos ao desespero, quando desperdiçou uma recarga de baliza aberta aos 46 minutos, depois de um remate de Javi Garcia que Peiser defendeu para a frente.

Sem arriscar um mílimetro para tentar o ataque, a Naval foi defendendo com a linha média colada à defensiva. Jorge Jesus bem tentou mudar a equipa com substituições, mas a bola não entrava. Um remate de Dí Maria ainda a levou a embater no poste, mas parecia escrito que o Benfica não havia de marcar.

Parecia, apenas, pois o esforço dos encarnados acabou por ser recompensado na tal cabeçada de Javi García, já aos 89 minutos. Esse golo teve dois efeitos imediatos. Levar a Luz à loucura e acordar a Naval, que no minuto seguinte viu Michel Simplício rematar, em pontapé de bicicleta, muito perto do poste da baliza de Quim.

O Benfica apanhou o Sp. Braga na liderança e aumentou em três pontos a vantagem sobre FC Porto, que continua na terceira posição, agora a cinco pontos.

Estádio da Luz







Assistência : 41981
espectadores


Árbitro: Lucilio Baptista

BENFICA -
Quim; Maxi Pereira (Keirrison, 77), Luisão, David Luiz e Fábio Coentrão; Ruben Amorim, Javi Garcia, Aimar e Dí Maria; Nuno Gomes (Weldon, 58) e Saviola

Suplentes:
Júlio César, Shaffer, Keirrison, Weldon, Luís Filipe, Filipe Menezes, Sidnei

Treinador:
Jorge Jesus

Golo:
Javi García (89)

Sem comentários: