abril 07, 2013

Olhanense – SLBenfica, 0-2


Olhanense – SLBenfica, 0-2: Triunfo da única equipa que fez por isso
A equipa principal do Sport Lisboa e Benfica disputou, este domingo, no estádio José Arcanjo, ante o Olhanense a 25.ª ronda do Campeonato Nacional. Em Olhão, os “encarnados” confirmaram a liderança na tabela classificativa, ao vencerem por 0-2, com tentos de Salvio e Matic.

Várias dúvidas assolavam para os lados da Luz, mas Matic, Salvio e Enzo Perez recuperaram e foram titulares. A surpresa verificou-se no lado esquerdo da defesa. Na ausência de Melgarejo por castigo, o lugar foi ocupado por André Almeida.

Num relvado impróprio para a prática de Futebol – inadmissível num jogo realizado no principal escalão – o Benfica entrou mais dominador, assumiu a posse de bola e o controlo das despesas da partida, remetendo a equipa da casa a contra-ataques.

À passagem do minuto sete, Salvio rematou de primeira para defesa de Bracali. O líder continuava a ameaçar e aos 14’, Rodrigo tem no seu pé esquerdo a possibilidade de inaugurar o marcador, mas permitiu a intervenção do guardião brasileiro. Destaque para a combinação entre Gaitán e o avançado hispano-brasileiro que antecedeu o disparo.

Aos 20 minutos, Maxi Pereira recuperou o esférico ainda na área algarvia, centrou, mas Lima, na pequena área, rematou por cima. Que perdida! O jogo era de sentido único e aos 24’, numa jogada de insistência, Rodrigo “descobriu” Salvio que rematou à meia volta, mas Bracali esticou-se e agarrou.

Com mais posse de bola e com o conjunto algarvio muito recuado no terreno, o Benfica teve de optar por um jogo de paciência para entrar na área, mas aos 40’, Lima arrancou no meio-campo, combinou com Maxi Pereira e rematou na passada, mas o guarda-redes do Olhanense desviou para canto.

O camisola 11 não foi muito eficaz na primeira metade e aos 45 minutos voltou a estar perto de ser feliz, mas atirou um tudo-nada ao lado da baliza.

Ao intervalo, o nulo penalizava a única equipa que procurou o golo. Dando razão a estas palavras, Salvio inaugurou o marcador no estádio José Arcanjo, aos 51 minutos, com um potente remate cruzado.

A perder, os pupilos à guarda de Manuel Cajuda continuaram extremamente defensivos e aos 64’ houve novo golo no Algarve. Combinação entre Enzo Perez e Lima, com o último a centrar. A bola desviou num jogador do Olhanense, sobrou para Matic que, de fora da área, rematou a contar.

Com 0-2 no “placard”, o Benfica começou a gerir os ritmos de jogo tendo a bola em seu poder e não permitindo quaisquer veleidades ao adversário. O tempo ia correndo e era cada vez mais uma certeza que os três pontos iam para a Luz.

Assim sendo, a turma da Luz passa a somar 67 pontos na classificação, onde ostenta o 1.º posto.

O Benfica começou o jogo com o seguinte onze: Artur Moraes; André Almeida, Luisão, Garay, Maxi Pereira; Matic, Enzo Perez, Salvio, Gaitán (Pablo Aimar, 84’), Lima (Cardozo, 78’) e Rodrigo (Ola John, 68’).

Texto: Marco Rebelo

Sem comentários: