abril 11, 2014

Benfica – AZ Alkmaar, 2-0: As meias-finais ficam-vos tão bem!


2.ª mão dos quartos-de-final

O Estádio da Luz engalanou-se para receber mais uma noite europeia. À medida que a hora de jogo se aproximava, o corrupio de pessoas aumentou, visão típica de dia de jogo na Catedral. Equipados a rigor, os benfiquistas responderam “presente!”, deram um colorido bonito a umas bancadas bem compostas.

Tal dedicação não saiu defraudada, pois a superioridade benfiquista viu-se no relvado e no marcador, com um triunfo por 2-0, com golos de Rodrigo.

O Clube da casa começou a um bom ritmo e a explanar o seu futebol mais perto da área holandesa. À passagem do minuto oito, André Gomes “inventou” uma boa jogada individual, deixou para Cardozo que rematou de primeira, num misto de força e técnica, mas uma estirada de Esteban evitou o primeiro do jogo.

Com o decorrer dos minutos, o AZ Alkmaar equilibrou as contas no relvado, tentou levar perigo à baliza de Artur, mas de forma improfícua. Com espaço, os comandados por Jorge Jesus eram extremamente perigosos, como atentou o minuto 32. Triangulação entre Siqueira e Rodrigo, com o hispano-brasileiro a centrar para Cardozo, mas o remate do paraguaio voltou a esbarrar em Esteban.

Cheirava a golo na Luz e foi isso mesmo que aconteceu aos 39 minutos. Salvio arrancou um “slalom” pela direita, deixou três adversários pelo caminho num pleno de velocidade e técnica, assistiu Rodrigo com peso e medida para a primeira explosão de alegria nas bancadas da Catedral.

Animado pelo golo, o Benfica aumentou a velocidade da partida e Esteban voltou a estar em bom plano a um remate de Salvio a poucos minutos do descanso. Na etapa complementar veio a confirmação daquilo que tinha ficado como suspeita da primeira parte, o AZ Alkmaar fez muito pouco para dar a volta à eliminatória. Com pouco poder de fogo, os holandeses acabaram por ser presa fácil.

Perante tamanhas facilidades, o Benfica decidiu resolver a eliminatória. Decorria o minuto 71, Salvio teve uma recepção de bola fenomenal, foi à linha de fundo centrar para Rodrigo bisar. Dick Advocaat desistia do jogo e as “águias” poderiam ter chegado à goleada com facilidade não fosse a displicência de Salvio e de Cardozo na altura de serem felizes.

O Benfica confirmou a presença nas meias-finais que lhe assentam que nem uma luva. O sorteio é na sexta-feira, em Nyon.

O Sport Lisboa e Benfica alinhou com o seguinte onze: Artur Moraes; Sílvio (André Almeida, 3’), Luisão, Garay, Siqueira; Fejsa (Enzo Perez, 64’), André Gomes, Sulejmani (Markovic, 69’), Salvio; Rodrigo e Cardozo.

Texto: Marco Rebelo
Fotos: Isabel Cutileiro / SL Benfica

Sem comentários: