fevereiro 25, 2015

Moniz "Há uma tentativa de condicionar a arbitragem"


José Eduardo Moniz "Há uma tentativa de condicionar a arbitragem"

O Benfica quer acabar com o "movimento de fundo" sobre o alegado favorecimento dos encarnados pelas arbitragens em jogos da liga portuguesa.

José Eduardo Moniz, vice-presidente do clube da Luz e administrador da SAD, diz, em declarações exclusivas a Bola Branca, que está em marcha, de uma forma "mais ou menos descarada, uma tentativa de condicionamento da arbitragem para esta fase final do campeonato".

Os rivais dos encarnados, FC Porto e Sporting, têm sido muito críticos com as actuações dos árbitros no jogos do Benfica, o que leva o dirigente encarnado a apelar à memória de Julen Lopetegui, que, após a vitória no Bessa, apontou o dedo ao clube da Luz.

"O treinador do FC Porto limitou-se a dizer aquilo que o instruíram a afirmar. Mas, como só chegou este ano ao futebol português, o melhor conselho que lhe posso dar é pedir à sua entidade patronal para ter acesso aos arquivos dos últimos 25 anos e aí talvez fique a perceber bem o que é favorecimento no âmbito do futebol português".

José Eduardo Moniz entende que "a campanha" se deve ao facto de o FC Porto ter "o melhor plantel dos últimos 30 anos, mas, mesmo assim", continuar "atrás do Benfica", sem chegar ao primeiro lugar, e pelo facto de o Sporting ter "um conjunto de divergências internas complicadas", sendo a estratégia de acusação ao Benfica "uma forma de disfarçar essas divergências".

O dirigente lembra aos adversários do Benfica que também nos outros jogos há erros, dos quais "ninguém fala". Moniz lembra que, na segunda-feira à noite, no Bessa "Jackson Martínez poderia ter sido expulso, por uma entrada violenta".

O administrador da SAD encarnada detecta uma ausência de comentários sobre esse lance, considerando que isso "dá jeito", uma vez que, assim, o colombiano "vai jogar contra o Sporting".

Outro dos alvos do vice-presidente benfiquista é André Simões. O médio do Moreirense foi expulso no jogo frente ao Benfica e Moniz ironiza, afirmando que o jogador foi "simpático para o árbitro". Moniz destaca o facto de André Simões ter usado, na rede social Instagram, uma foto tirada no Bessa, no meio da claque portista.

"Não nos ajoelhamos. Moreirense e FC Porto no coração" é a frase destacada na foto o que leva o dirigente do Benfica a pôr em causa "o comportamento do jogador nos jogos com o FC Porto" .

O Benfica lidera a liga portuguesa e a interrogação de Moniz é a seguinte: "Quem é que, sendo adversário do Benfica, gosta de o ver ganhar duas vezes seguidas?"

"Nós temos um Benfica de garra, um Benfica que veste o fato de macaco, que vai à luta, que não vira as costas e que não desiste até ao último minuto. É isso que faz com que o Benfica esteja à frente de campeonato contra ventos e marés, contra críticas e más vontades", conclui José Eduardo Moniz.

Sem comentários: