março 21, 2010

Final Taça da Liga 09/10

In ABola



Benfica revalida Taça da Liga com vitória sobre FC Porto (3-0)

O Benfica conquistou a terceira edição da Taça da Liga revalidando o título ganho na temporada passada. Jesus ganha o primeiro título interno.

Primeiro troféu para Jesus com o Benfica, primeira conquista interna do treinador, que se impõe frente ao FC Porto por números categóricos, com alguma sorte à mistura.

O jogo teve todos os condimentos de uma final clássica, desde as horas que antecederam a partida, até ao ambiente quente que se verificou perto do intervalo, com Bruno Alves e Aimar como protagonistas.

Ainda assim, o FC Porto entrou melhor, obrigando Quim a duas boas defesas, que não encontraram correspondência na outra baliza: num remate aparentemente fraco de Rúben Amorim, Nuno não conseguiu agarrar, com a bola a bater-lhe nas mãos abertas e a entrar ao seu lado.

Ainda antes do intervalo, Carlos Martins deu mais uma machadada, com um livre directo a mais de 30 metros. Aí, confusão entre Bruno Alves e Aimar, com amarelo para cada lado e o central do FC Porto descontrolado.

A segunda parte não teve muitas oportunidades. As equipas foram refrescadas, o Benfica manteve o controlo e aplicou golpe final já em tempo de compensação, com Cardozo a assinar o 3-0 antes do apito final.

Sob arbitragem de Jorge Sousa, as equipas alinharam:

BENFICA: Quim; Maxi Pereira, Luisão, David Luiz e Fábio Coentrão; Airton, Rúben Amorim, Carlos Martins (Ramires, 66), Aimar (Saviola, 61) e Di Maria; Kardec (Cardozo, 76)
Suplentes: Moreira, Sidnei, Javi Garcia, Ramires, Saviola, Nuno Gomes e Cardozo

FC PORTO: Nuno; Miguel Lopes (Fucile, intervalo), Rolando, Bruno Alves e Álvaro Pereira; Rúben Micael (Valeri, intervalo), Fernando e Raul Meireles; Belluschi (Orlando Sá, 69), Falcao e Rodriguez.
Suplentes: Beto, Fucile, Maicon, Tomás Costa, Guarin, Valeri e Orlando Sá

Marcador: 1-0 por Rúben Amorim (9); 2-0 por Carlos Martins (44); 3-0 por Cardozo (90+1

Sem comentários: