março 14, 2010

Liga Sagres SLBenfica _ Nacional

In ABola
 


Cardozo redime-se e recupera liderança para o Benfica

Falhou uma grande penalidade, mas logo depois redimiu-se e fez o golo solitário com que o Benfica bateu o Nacional (1-0). Cardozo, que cimentou a posição de líder da tabela de marcadores (passou a somar 19 golos), garantiu também a recuperação da liderança do Campeonato para os «encarnados», que voltam a ficar com mais três pontos do que o Sp. Braga, em vésperas de encontro entre as duas equipas.

Não foi nada fácil esta deslocação do Benfica à Madeira, que na primeira parte evidenciaram muitas dificuldades para ultrapassar a boa organização da formação insular, que tapou sempre muito bem os espaços. Ainda assim, os «encarnados» tiveram maior iniciativa de jogo e também mais oportunidades.

O ritmo da partida aumentou na segunda parte. Logo de início, a formação lisboeta poderia ter marcado, mostrando que reentrava para mudar o rumo dos acontecimentos. A flagrante oportunidade surgiu, no entanto, aos 62 minutos, numa grande penalidade assinalada por suposto toque do recém-entrado Diego sobre David Luiz, ficando dúvidas se aconteceu mesmo dentro da grande área. Chamado ao remate, Cardozo atirou ao lado.

O paraguaio, porém, redimiu-se logo depois, encostando para o fundo da baliza trabalho muito bom de Ruben Amorim pela direita. O golo aumentou o caudal ofensivo dos «encarnados», que tiveram então possibilidade para aumentar a vantagem. A mais soberana também por Cardozo, isolado, com grande defesa de Bracali. O Nacional também esteve perto de marcar, nomeadamente num cabeceamento de Felipe Lopes que Quim defendeu também exemplarmente.

Os três pontos estavam garantidos e consequente recuperação da liderança, com mais três pontos do que o Sp. Braga, que vai visitar a Luz na próxima jornada, em partida a realizar dentro de duas semanas. Pelo meio, os «encarnados» terão ainda mais dois jogos: ante o Marselha e o FC Porto, este para a final da Taça da Liga.

Ficha do jogo:

Estádio da Madeira, no Funchal

Árbitro: Paulo Baptista (AF Portalegre)

Benfica – Quim; Ruben Amorim, Luisão, David Luiz e Fábio Coentrão; Javi García; Ramires, Aimar (Maxi, 71 m) e Di Maria (Alan Kardec, 87 m); Saviola (César Peixoto, 82 m) e Cardozo.

Suplentes: Júlio César, Sidnei, Maxi Pereira, Carlos Martins, César Peixoto, Nuno Gomes e Alan Kardec.

Disciplina: cartão amarelo a Ramires (27 m), Felipe Lopes (40 m), João Aurélio (56 m), Cléber (60 m), Aimar (69 m), David Luiz (89 m).

Marcador: 1-0 por Cardozo (64 m).

2 comentários:

Sou de um Clube Lutador disse...

GRANDE BENFICA... NA CAMINHADA DO TÍTULO.

..

sloml disse...

As próximas três partidas são as verdadeiras finais desta temporada, na minha opinião. Para já, vamos vencer em Marselha. Eu acredito!