dezembro 15, 2012

SLBenfica – Marítimo, 4-1


SLBenfica – Marítimo, 4-1: Avançar isolado com pontaria afinada 

A equipa de Futebol profissional do Sport Lisboa e Benfica isolou-se, este sábado, na liderança da classificação ao vencer o Marítimo por 4-1, com três golos de Cardozo e um de Rodrigo, em jogo da 12.ª jornada do Campeonato Nacional.

Em equipa que ganha não se mexe e Jorge Jesus repetiu, nesta partida, o onze utilizado ante o Sporting e que redundou num triunfo por 1-3.

Este jogo começou e terminou com sentido único com o Benfica a ser a única equipa a querer ganhar, e o Marítimo a actuar na expectativa com uma postura defensiva e a espreitar o contra-ataque. A jogarem fechados, as “águias” tiveram a primeira oportunidade à passagem do minuto 14 por intermédio de Salvio que, isolado frente ao guardião maritimista, entregou-lhe o esférico após passe de Garay.

Três minutos volvidos, Cardozo centrou e Lima disse “sim” com um cabeceamento que obrigou Ricardo a defesa apertada. O brasileiro quis corresponder com a gentileza e assistiu Cardozo, mas este disparou ao lado (23´).

O Benfica somava oportunidades perdidas e os insulares, na única vez que foram à baliza “encarnada” na primeira parte, marcaram. Livre, confusão na área, e Rodrigo António atirou a contar (25´).

A perder, a turma da casa foi atrás do prejuízo e aos 32 minutos, Cardozo tem uma perdida incrível! André Gomes fez um passe fantástico que isolou o paraguaio, mas este só com Ricardo pela frente permitiu a defesa. O golo do empate adivinhava-se e surgiu um minuto depois.

Ola John centrou, Salvio assistiu Cardozo de cabeça e o camisola 7 não enjeitou. Estava feito o empate e o primeiro tento de um jogador do Benfica com a nova bola, a “Cafusa”. Ainda antes do intervalo, Matic fez um passe milimétrico para Salvo. O argentino rematou, mas a defensiva madeirense afastou quando a bola ia para a baliza deserta.

A etapa complementar começou com um remate perigoso de cabeça de Lima após centro de Ola John e o Benfica não sossegou enquanto não se viu em vantagem e “não há fome que não dê em fartura”. Aos 64´, as “águias” beneficiaram de um penálti após mão na bola de Roberge na área que Cardozo concretizou (66´). Dois minutos depois estava feito o “hat-trick” do paraguaio que aproveitou bem uma bola solta na área após jogada de insistência de Lima.

O jogo estava decidido, mas Rodrigo quis deixar a sua conta. Poucos segundos depois de ter entrado, recebeu a assistência de Melgarejo e rematou a contar (87´), mas uma palavra para mais um passe de antologia de Matic no início da jogada.

Este triunfo permite ao Benfica isolar-se na tabela classificativa com 32 pontos em vésperas de se deslocar ao reduto do Olhanense em jogo da 1.ª jornada da Taça da Liga.

O Sport Lisboa e Benfica actuou com o seguinte onze: Artur; Maxi Pereira, Jardel, Garay e Melgarejo; Matic, Salvio, André Gomes (Enzo Perez, 46´) e Ola John (Gaitán, 83´); Lima e Cardozo (Rodrigo, 86´).

Texto: Marco Rebelo
Fotos: Isabel Cutileiro / SL Benfica


 


Sem comentários: