fevereiro 24, 2014

Benfica – V. Guimarães, 1-0: Liderança consolidada com magia…



20.ª jornada Campeonato Nacional

O Benfica recebeu e venceu, esta noite na Luz, o V. Guimarães, em partida relativa à 20.ª jornada do Campeonato Nacional. Markovic, aos 40’, num lance magistral, fez o único golo de uma vitória justa e preciosa.

Depois da vitória da última quinta-feira, na Grécia, onde o Benfica deu mais um passo importante na caminhada europeia 2013/14, os “encarnados” regressaram à Luz, e ao Campeonato Nacional, da melhor forma possível.

Exibição convincente, pensada e de intensidade qb, regressos (Salvio) muito saudados, e uma vitória justíssima. Três pontos preciosos que consolidam e alargam ainda mais a vantagem benfiquista no topo da classificação geral.

Vamos à partida! Entrada fulminante do Benfica, com o primeiro lance de real perigo a surgir logo na jogada inaugural, com o guardião vimaranense a defender por instinto para canto.

Estava dado o mote, mote esse quebrado minutos depois com a primeira contrariedade da noite, quando Enzo Perez e Jardel chocaram entre si, com o brasileiro a ficar maltratado, o que provocou uma paragem na partida que quebraria o ritmo imposto inicialmente.

Mas o Benfica sabia muito bem o que queria e rapidamente voltou a tomar conta das operações, com o sérvio, Markovic, a assumir-se como pêndulo da equipa. Rodrigo e Sulejmani tentaram a sorte, pelo meio (36’), Oblak - mero espectador atento até então -, rubricou espectacular defesa a remate intencionado de Maazou… e o grande momento da noite estava prestes a acontecer.

Aos 40’, magia pura na Luz! Jogada de entendimento colectivo, Rodrigo, inteligentíssimo, descobre Markovic que, na cara de Douglas, recebe de primeira e faz um chapéu magistral, com o esférico a só parar nas redes contrárias. Estava feito o primeiro golo na Catedral.

Pragmatismo inteligente

Em desvantagem, Rui Vitória bem tentou espevitar os seus jogadores, no entanto, e apesar da equipa vimaranense ter mostrado vontade, a vontade do Benfica em vencer foi superior e prevaleceu.

Solidariedade, pragmatismo e entreajuda entre os sectores foram determinantes, com o Benfica a optar por gerir, pensar, num jogo de maior contenção, mas, sempre que possível e em segurança, nunca descurando a baliza adversária.

Apito final de Nuno Almeida, 1-0, missão cumprida! Desde o início de Novembro que o Sport Lisboa e Benfica não conhece o sabor da derrota…

Na próxima quinta-feira a equipa foca objectivos na Liga Europa, com a recepção ao PAOK, em partida alusiva à segunda mão dos 16 avos-de-final da prova.

Domingo regressam as emoções do Campeonato Nacional, com a nossa formação a deslocar-se ao Estádio do Restelo, para defrontar o Belenenses, em encontro relativo à 21.ª ronda. O apito inicial está marcado para as 17 horas.

O Sport Lisboa e Benfica alinhou com o seguinte onze inicial: Oblak; Sílvio, Luisão, Jardel e Siqueira; Markovic, Fejsa, Enzo Perez e Sulejmani (69’, Salvio); Lima (85’, Ruben Amorim) e Rodrigo.

Texto: Sónia Antunes
Fotos: Isabel Cutileiro / SL Benfica

Sem comentários: