março 30, 2014

SC Braga – SLBenfica, 0-1: Inteligência colectiva derruba Pedreira


25.ª jornada do Campeonato

A equipa principal de Futebol do Sport Lisboa e Benfica disputou, este domingo, no estádio AXA, no Minho, a 25.ª jornada da Liga portuguesa. Diante do SC Braga, Jorge Jesus voltou a dar a titularidade a seis jogadores que não tinham entrado de início no estádio do Dragão, e as “águias” venceram por 0-1, com golo de Lima.

O encontro arrancou numa toada equilibrada, com disputa de bola acesa mas leal no “miolo”. O Benfica foi ganhando preponderância ofensiva através de posse de bola e troca do esférico entre os seus jogadores, obrigando o adversário a correr.

O futebol rendilhado e com troca de bola de pé para pé quase tiveram os seus resultados aos oito minutos, quando Enzo Perez fez uma assistência a rasgar para Gaitán. Este contornou Eduardo e atirou às malhas laterais da baliza deserta.

Os minutos iam passando e o Benfica fazia das transições rápidas o seu modelo de jogo para ultrapassar a pressão alta e a toda a largura do relvado do SC Braga. Numa delas, Gaitán conduziu o ataque, deixou o esférico para Rodrigo após ser carregado por Dabó e o camisola 19 teve um pormenor delicioso antes de entregar de bandeja a Lima para o primeiro da partida (12’). Cachecóis benfiquistas ao alto! Faziam a festa os adeptos do líder da tabela classificativa.

A vencer veio a versão controlo do Benfica. A gestão da posse de bola apareceu na Pedreira, com a turma comandada por Jorge Jesus a ser menos vertiginosa e mais gestora, colocando no desafio o ritmo mais lhe convinha. O SC Braga, por sua vez, foi muito lutador mas criou poucas oportunidades de golo. A única da primeira metade foi aos 29 minutos, quando Rusescu cabeceou perto da barra da baliza defendida por Oblak.

Ao intervalo, o 0-1 era justo face ao produzido pelo Benfica na cidade de Braga. Na etapa complementar, o jogo desenvolveu-se a um ritmo mais baixo e viram-se menos oportunidades de golo em ambos os lados.

Curiosamente, o lance em que o Benfica mais perto está do 0-2 foi criado por Paulo Vinicius que, ao atrasar a bola para Eduardo, quase o traiu e colocou-a dentro da baliza (59’).

A essa gestão, o SC Braga respondeu com maior atrevimento ofensivo e criou algumas vezes “frisson” na baliza benfiquista. A vencer apenas por 0-1, os futebolistas da Luz perceberam que gerir esse resultado poderia trazer dissabores e o minuto 84 foi de perigo para a baliza de Eduardo. Primeiro Markovic, com um remate de ressaca após um pontapé de canto, e segundos depois, Lima apareceu isolado, tentou fazer um “chapéu” a Eduardo, mas o bracarense opôs-se bem.

Cinco minutos depois, Rodrigo fez uma incursão pelo lado esquerdo e é carregado à margem das leis dentro da área. Pedro Proença apontou para a marca da grande penalidade, mas Rodrigo permitiu a defesa de Eduardo.

Até final, nada mais se passou e o Benfica passa a somar 64 pontos e continua na liderança da tabela classificativa.

O Sport Lisboa e Benfica alinhou com o seguinte onze: Oblak; Sílvio, Luisão, Garay e Siqueira; Fejsa, Enzo Pérez (Ruben Amorim, 68’), Gaitán, Markovic (Salvio, 85´); Lima e Rodrigo (André Gomes, 90’+2).

Texto: Marco Rebelo
Fotos: Gualter Fatia / SL Benfica

Sem comentários: