janeiro 21, 2015

Moreirense – SL Benfica, 0-2


Moreirense – SL Benfica, 0-2: Defesa do troféu segue nas "meias"

3.ª Jornada do Grupo A

A equipa de Futebol do Sport Lisboa e Benfica garantiu, na noite desta quarta-feira, no estádio Comendador Joaquim Almeida Freitas, a passagem para as meias-finais da Taça da Liga após vencer o Moreirense por 0-2. A 3.ª fase foi terminada só com triunfos, com sete golos marcados e nenhum sofrido.

Em Moreira de Cónegos percebeu-se aquilo que já se tinha visto na visita do Moreirense à Luz. Não ia ser fácil, e não foi! Desde os minutos iniciais, a equipa da casa exerceu uma pressão grande sobre o portador da bola a toda a largura do terreno. Por sua vez, o Benfica – com algumas mexidas no onze face ao apresentado na Madeira – tentou sair a jogar com a bola controlada, seja pelo meio, seja pelas alas, com tabelinhas curtas que abrissem espaços para a finalização.

Sem grandes oportunidades de parte a parte, os primeiros “frissons” foram criados por Arsénio aos 17’ e aos 18 minutos. Em ambas as situações, Artur respondeu bem. À passagem do minuto 23, Derley fez uma incursão pela esquerda, entrou na área e no frente-a-frente com Danielson caiu. O árbitro Jorge Tavares optou por mostrar cartão amarelo ao avançado por simulação, mas a verdade é que se nota um toque de Danielson no pé esquerdo do Benfiquista.

A circulação de bola do Benfica com eficácia de passe e rapidez obrigou o Moreirense a baixar as linhas a partir da meia hora. O esférico rondou a área de Marafona com maior intensidade, como foi o caso aos 33’, com o remate de Luisão um tudo-nada ao lado. O perigo acercava-se e acentuou-se aos 42 minutos com o remate cruzado de Jonas que passou a centímetros do poste da baliza minhota.

Ao intervalo era o nulo que reinava em Moreira de Cónegos. Após um reatamento algo incaracterístico, Jonas deu um pontapé no marasmo e obrigou Marafona a estirada vistosa (54’). Da ameaça ao golo houve um hiato de 10 minutos. O camisola 17 combinou com Derley e rematou em jeito sem hipóteses de Marafona que ficou a olhar para a bola a aninhar-se nas redes.

A vencer parece que tudo corre ainda melhor. Aos 68 minutos, Derley trabalhou bem e só com Marafona pela frente picou-lhe o esférico para o 0-2. O Moreirense sentiu os tentos sofridos, ficou nervoso e podiam as “águias” aproveitar para ampliar o resultado. Derley esteve muito próximo de bisar aos 75’, mas o guardião contrário defendeu por instinto.

Foi a 10 minutos do fim e já com Gonçalo Guedes em campo que o Benfica poderia ter feito o 0-3. O jovem português centrou e Pizzi rematou para a baliza sem Marafona, mas um defesa do Moreirense cortou sobre a linha de golo.

Até final nada de significativo aconteceu e o Benfica fica agora à espera do adversário nas meias-finais da Taça da Liga.

O Sport Lisboa e Benfica alinha com o seguinte onze: Artur Moraes; André Almeida, Luisão, Jardel e Eliseu (Sílvio, 45’); Cristante, Pizzi, Ola John e Sulejmani (Samaris, 52’); Derley e Jonas (Gonçalo Guedes, 73’).

Marco Rebelo
Fotos: Gualter Fatia / SL Benfica

Sem comentários: