janeiro 14, 2015

SL Benfica – Arouca, 4-0


SL Benfica – Arouca, 4-0: Líder firme no Grupo A da Taça da Liga
2.ª jornada

Sport Lisboa e Benfica e Arouca defrontaram-se esta noite de quarta-feira, no Estádio da Luz, numa partida relativa à 2.ª jornada da 3.ª Fase da Taça da Liga. Pizzi, Cristante, Salvio e Jonas assinaram os golos de mais uma vitória – natural e justa - dos “encarnados”.

Jorge Jesus dissera-o na antevisão a esta partida! A Taça da Liga é também uma forma de abrir a porta a outros jogadores, dando-lhes minutos, ritmo e intensidade. E o onze inicial com que o SL Benfica subiu ao relvado da Luz ilustrou-o na perfeição, com muitas caras novas cheias de vontade em mostrar serviço… e mostraram!

Gonçalo Guedes, aos 9’, César, aos 12’, Maxi, aos 17’, Sulejmani, aos 27’… iam dando sinais claros que o golo não tardaria em surgir, com o SL Benfica a dominar e a controlar as operações desde muito cedo.

Em cima da meia hora, grande jogada de entendimento colectivo, com Pizzi a descobrir Maxi Pereira, com o uruguaio, bem ao seu estilo, a ir à linha e cruzar para o coração da área onde, Rui Fonte, no momento em que ia rematar para o golo, a sofrer falta claríssima de Dabó.

Em cima do lance, Bruno Esteves não teve dúvidas, apontou para a marca dos 11 metros e expulsou o jogador do Arouca.

Chamado à conversão, Pizzi, com tranquilidade, faz a paradinha e assina o primeiro golo da noite na Catedral.

Em vantagem numérica e também no score, o SL Benfica soltou-se por completo e partiu com tudo para cima da baliza do Arouca, esta noite à guarda de Rui Sacramento.

Aos 41’, o segundo golo da noite acabou por surgir de forma natural face ao produzido e à corrente do desafio. Cristante, de meia distância, rematou de forma poderosa e sem hipóteses de defesa para o 2-0 com que se atingiu o intervalo.

Mais golos? Só em cima do apito final!

Segunda metade e a toada manteve-se com as – muitas e para todos os gostos e feitios! – oportunidades de golo a surgirem em catadupa. Apesar da intensidade, só aos 82’ e 83’ se festejou… e logo a dobrar! Primeiro Salvio, depois Jonas, a colocarem o resultado final em 4-0, em dois lances de classe.

Contas feitas, vitória justíssima da equipa que dominou por completo todas as incidências e áreas do desafio: maior posse de bola, mais remates, mais oportunidade, mais cantos… mais golos!

Com este resultado, e depois da vitória na ronda inaugural frente ao Nacional (1-0), o SL Benfica, assume a liderança do Grupo A da Taça da Liga (prova que já venceu em cinco ocasiões!), seguido de Moreirense, Nacional e Arouca, respectivamente.

Para seguir para as meia-finais da prova, basta à equipa de Jorge Jesus um empate em Moreira de Cónegos, na 3.ª e última ronda desta Fase de Grupos.

O SL Benfica alinhou de início com Artur Moraes; Maxi Pereira, Jardel, César (Benito, 68’) e Sílvio; Cristante, Pizzi, Sulejmani e Gonçalo Guedes (Salvio, 45’); Derley e Rui Fonte (Jonas, 45’).

Depois do encontro com o Arouca, os Campeões Nacionais voltam aos jogos da I Liga. O Marítimo é o adversário da 17.ª jornada, num desafio agendado para as 18h00 do dia 18 de Janeiro, domingo, no estádio dos Barreiros.

SA
Fotos: Gualter Fatia / SL Benfica

Sem comentários: