abril 05, 2010

Liga Sagres SLBenfica _ Naval

In ABola



Benfica sofre mas cumpre (4-2) na Figueira da Foz

A Naval esteve a vencer por 2-0 mas o Benfica reagiu e saiu da Figueira da Foz com uma vitória por 4-2, no jogo que encerrou a 25.ª jornada da Liga. Fábio Júnior e Bolívia marcaram para os navalistas, os “encarnados” responderam por intermédio de Weldon (2), Di Maria e Cardozo.

Primeira parte alucinante, com a Naval a surpreender o Benfica e a marcar logo aos dois minutos por intermédio de Fábio Júnior, dilatando a vantagem dez minutos depois por Bolívia.

Os “encarnados” responderam e em dois minutos chegaram à igualdade. Weldon “bisou” de cabeça, primeiro numa jogada de insistência, depois na sequência de um pontapé de canto.

A ambicionada vantagem chegou pelos pés de Di María que respondeu da melhor forma a um grande passe de David Luiz.

A águia voltou a voar no segundo tempo, com Cardozo a aproveitar uma defesa incompleta de Peiser após remate de Rúben Amorim e a dilatar a vantagem do Benfica.

A Naval tentou esboçar uma reacção mas Simplício viu Quim responder à altura em duas ocasiões. Fábio Júnior também não conseguiu emendar com sucesso após uma defesa incompleta do guardião “encarnado”.

As melhores ocasiões pertenceram, no entanto, ao Benfica, com Carlos Martins a atirar à barra na sequência de um livre directo.

O Benfica segue na liderança da Liga com seis pontos de vantagem sobre o Sporting de Braga e 11 sobre o FC Porto. A Naval mantém o 10.º lugar.

Ficha de jogo:

Estádio Municipal José Bento Pessoa, na Figueira da Foz

Árbitro: Elmano Santos (AF Madeira)

NAVAL: Peiser; Gómis, Diego e Daniel Cruz (Michel Simplício, 64m); Lazaroni, Carlitos, Godeméche (Marinho, 60m), Alex Hauw e Camora; Bolívia (Davide, 75m) e Fábio Júnior.

Suplentes: Jorge Batista, João Real, Giuliano e Kerrouche.

Treinador: Augusto Inácio.

BENFICA: Quim; Maxi Pereira, Luisão, David Luiz e Fábio Coentrão (Sidnei, 78m); Javi Garcia, Rúben Amorim, Di María e Aimar (Ramires, 71m); Weldon (Carlos Martins, 56m) e Cardozo.

Suplentes: Júlio César, Nuno Gomes, Éder Luís e Alan Kardec.

Treinador: Jorge Jesus.

Golos: 1-0, por Fábio Júnior (2m); 2-0, por Bolívia (12m); 2-1, por Weldon (16m); 2-2, por Weldon (18m); 2-3, por Di Maria (38m); 2-4, por Cardozo (55m).

Sem comentários: