setembro 27, 2010

Artigo de Opinião _ Sílvio Cervan


Que os erros não se repitam

O Benfica ganhou ao Sporting porque é muito melhor que o rival. Não fez mais que a sua obrigação. O campeonato do Sporting pode ser ganhar ao Benfica, mas o nosso objectivo é ganhar o campeonato, não é ganhar ao Sporting.
Vítor Pereira disse coisas sérias e coisas óbvias, o que sendo raro no nosso futebol, já é motivo para lhe agradecer.

Nós também já sabíamos que sem erros de arbitragem estávamos em primeiro, ainda bem que há responsáveis que também o sabem.
Mais que ter árbitros na ‘jarra’ seria bom não ter árbitros a decidir campeonatos. Tenho de Vítor Pereira a imagem de um homem sério e isso basta-me para preferi-lo a outros protagonistas, sinto tristeza por não poder pensar o mesmo de todos quantos ele dirige.
Que os erros não sejam repetidos, que não sejam sempre no mesmo sentido e que não tenham sempre o mesmo resultado final.
O futebol viciado mantém uma cleptocracia no poder, enquanto aliena espectadores e arruína o espectáculo. A médio prazo, até para quem ganha é mau.
Paulo Bento foi escolhido para seleccionador nacional. Aquele que foi treinador do Sporting com melhores resultados dos próximos 10 anos é uma escolha acertada que espero e desejo que tenha excelentes resultados. Não será nada fácil porque herda uma tarefa ciclópica.

Depois duma tradicionalmente muito difícil deslocação à Madeira, contra um Marítimo treinado por um amigo a quem desejo sorte só depois de sábado, espera-nos a sempre mortífera deslocação à Alemanha. Terra maldita onde nunca ganhámos um jogo, seria pois a altura ideal para Jorge Jesus fazer história com o Benfica e dar o passo decisivo para uma qualificação para os oitavos-de-final da Liga dos Campeões. A almofada de conforto que as arbitragens construíram aos nossos adversários não nos vai estragar a época. Jorge Jesus terá alma para inverter o rumo.
Alea jacta est…

In ABola

Obrigado amigo Benfica 73 

Sem comentários: