maio 02, 2012

O Voo da Águia_ Marta Rebelo


E agora, JJ?

Na verdade não quero escrever. Estou a ver os carros a descer os Aliados, os cachecóis do FCP, os comentadores a alertar para o perigo de Jorge Jesus ir para o FC Porto na próxima época. Face ao empate em Vila do Conde, e depois de termos tido tudo na mão e tudo ter voado, o que é que há a dizer?

A discussão, agora, centra-se na permanência de Jesus. Neste momento quero lá saber quem é que fica ou sai. Só me vêm à memória os pontos e os jogos perdidos. Não foi o FCP que ganhou isto. A época passada ganhou com justiça, ganhou-nos à goleada, estávamos de gatas. Este ano fomos melhores, muito melhores. Não há quem falte a afirmar que o Benfica joga o melhor, mais intenso e artístico futebol da nossa liga. E jogou, até Guimarães. Até a alta cilindrada a que JJ obriga as suas equipas ter feito peso nas pernas dos gloriosos. Fez estragos, com o FCP de um cinzentíssimo Vitor Pereira a jogar um futebol “que está benzito”, mas esteve assim morno até à regularidade e até à nossa queda. Este ano não se trata bem de mérito, mas de demérito. Nosso. Nós perdemos o campeonato. O FCP estava à espera da boleia. Apanhou-a, e chegou à meta.

Não me ocorre pensar que Jesus possa sair para o FC Porto. Pode sair, e neste segundo preciso serão milhões os que lhe querem a cabeça – que vale “apenas” 6 milhões de euros. Também não é claro para mim quem o viria substituir: Jardim? Mas não vai para o FCP? Domingos (cruzes-canhoto)? Mas não vai para o FCP? Vamos ao mercado estrangeiro? Tenho maiores certezas quanto à saída de Vitor Pereira do nosso rival do que na de JJ da Luz. Mas pensar, mesmo no meio da minha mágoa perdedora, que Jesus pode ir para o Porto, isso é que não. O Rui Águas foi, não sei se o pai lhe deixou de falar. O Dito foi, nunca mais foi jogador que se visse. A ideia de ver os segredos do nosso balneário cair nas mãos deles é tenebrosa. E para quem acabou de confirmar que queria mas não tem o Benfica campeão, chega de más notícias.


In Record

1 comentário:

Soareskafe disse...

Fala-se em tantos nomes e todos correspondem a um tiro no escuro, pois nenhum é melhor que o JJ.
E vamos deixar sair um treinador para ir para o nosso adversário !?

A culpa é sempre do treinador, já tivemos tantos treinadores que passaram pelo Benfica, que apenas conseguiram ter sucesso fora do Benfica. A culpa é dos treinadores !?!?

A saída do JJ é uma vitória para o nosso adversário, que apenas tem como objectivo enfraquecer o LFV para o ataque ao pote de ouro dos direitos televisivos.