janeiro 04, 2013

Artigo de Opinião _ Sílvio Cervan



Artilharia afinada para conquistas

"Maquiavel sempre ensinou que quem «depende exclusivamente da sorte, cai quando ela muda». Ora, talvez por isso, não seja a sorte aquela que mais decide títulos. É preciso haver qualidade individual, mas sobretudo qualidade colectiva. O Benfica cansado e sem inspiração mostrou uma grande vontade de não perder contra o Moreirense e manter intactas as aspirações na Taça da Liga. O Benfica mais fresco e inspirado goleou um Desp. Aves sem argumentos para tanto Benfica na busca pela Taça de Portugal. Mérito dos jogadores mas sobretudo de quem os treina. Gostei de ver Jesus desesperado em Moreira de Cónegos e tentar não hipotecar uma prova que ganhou repetidamente. Gostei de sentir vontade em vencer a Taça de Portugal. O Benfica que desejo luta por títulos, com um futebol bonito de preferência, e não por ganhar alguns jogos ou por ter alguma sorte.
 
No campeonato segue-se o Estoril, equipa sensação que fará antever um jogo muito difícil. Por agora o Estoril é mais importante e difícil que o FC Porto. Quarta-feira temos que cumprir com a Académica o objectivo Taça da Liga.
 
Lima, Rodrigo e Cardozo são artilharia afinada para as conquistas que se esperam. Enzo é fulcral, mas Jesus parece ter ressuscitado Bruno César que apareceu contra o Aves como não nos lembramos de ver e Gaitán renasceu com a magia que nos encanta. Bem precisamos que as lesões não nos dizimem, com tantas provas e tantos jogos para cumprir.
 
O Benfica regressou ao trabalho com o Seixal num mar de gente em treino aberto ao público, e o FC Porto cumpriu dia 1 um treino no Dragão com mais de 10 mil adeptos. Moreira de Cónegos estava completamente cheia num jogo da Taça da Liga. Prova apenas uma coisa: que o amor pelos clubes e pelo futebol está lá. Os clubes têm que se adaptar às novas capacidades de uma população exaurida financeiramente."

Fanado do O indefectivel

Sem comentários: