dezembro 15, 2011

Futebol á Portuguesa _ José António Saraiva


Cá e lá fora

Com os três grandes a ganharem com felicidade e pela diferença mínima, olhamos lá para fora, para Inglaterra e para Espanha.

Em Madrid, o Real mostrou mais uma vez que não chega para o rival Barcelona. Enquanto Mourinho faz jogo psicológico, Guardiola mostra a superioridade em campo. O Barcelona parece uma aranha perante um inseto: vai asfixiando o adversário até o anular por completo. E Ronaldo falhou novamente num jogo decisivo.

Em Manchester, a época tem corrido mal a Ferguson. Perdeu 6-1 em casa contra o rival da cidade, foi afastado da Champions e eliminado da Taça da Liga por uma equipa da 2.ª Divisão.

Mourinho e Ferguson são dois dos melhores treinadores do Mundo e treinam alguns dos melhores jogadores do Mundo. Mesmo assim perdem jogos, são eliminados por equipas fracas e humilhados pelos rivais. Mas não deixam por isso de ser bons.

Veja-se agora o que se passa em Portugal. Vítor Pereira tem a cabeça no cepo e Jorge Jesus é atacado por alguns adeptos. Ora Vítor Pereira, tendo deixado cair o FC Porto em relação à época passada, mesmo assim lidera o campeonato. E Jesus está a fazer uma das melhores épocas do Benfica de sempre: ganhou a série da Champions, está no topo do campeonato a par do FC Porto e só perdeu um jogo oficial esta época (fora de casa e pela diferença mínima).

O Benfica está a jogar pior do que há um ano? Está. Mas há um ano os sócios não diziam que o importante são os resultados e não as exibições? Não era isso mesmo que pediam: bons resultados, mesmo com exibições menos boas? Jesus será preso por ter cão e preso por não ter?

In Record

Sem comentários: