dezembro 01, 2011

O Voo da Águia_ Marta Rebelo


Grandes

Os campeões fazem-se sólidos perante as adversidades. E os treinadores revelam-se dignos de títulos quando respondem à contrariedade à altura. Foi um Benfica campeão que ganhou ao SCP.

Que grande jogo de tática, com Domingos bem mas Jesus melhor ainda. Que maravilha de jogador se revela Garay, que foi dois defesas centrais e deu uma perninha à esquerda. Que génio o de Aimar que, quando aos 20’ o Benfica finalmente pegou no meio-campo, foi sublime. Que talento o de Javi García, que marca de canto à “old-school” e oferece uma densidade à nossa defesa que a tornou sólida até ao derradeiro minuto. Sem Artur, o que era de nós. E que bom é ver Witsel a regressar à forma. Ai que bom que é ver um Benfica com estofo de campeão. O SCP deu luta. E levou a resposta.

E que tristeza de figurinha fez aquela gente pequena da claque leonina, que não sabe ser gente nem perder e decidiu incendiar a Catedral, enquanto entoava cânticos de ódio. João Gabriel tem razão, na Luz não há fossos nem adeptos a cair nele. O vice do SCP sofre de miopia e excesso de lata. E pessoas daquelas não devem entrar num estádio de futebol. Mas infelizmente nada me surpreendeu: na época transata, ao receber o Glorioso, a Juve Leo socou-se a si própria e partiu um quarto do seu próprio estádio.

Mas nem só de glória foi feita a exibição do Benfica. Cardozo foi mal expulso, pois foi. E Jesus tinha de o lançar, para obrigar Paciência a colocar a mediocridade de Polga em jogo. É sabido que eu não gosto do paraguaio. Depois de sábado, Cardozo perdeu a titularidade. Quando o árbitro distribuía amarelos como chupa-chupas, ele não se podia colocar a jeito. Sobretudo não podia ter inexistido em jogo durante os 63’ que jogou. Rodrigo entra e ganha mais bolas, foçanga, luta e lê o jogo e Cardozo não deixa saudades. O espanhol a titular. Já. E o Benfica a campeão.


In Record

2 comentários:

Jotas disse...

Uma novidade, esta mal dizente do JJ, lá a muito custo começa a falar bem dele.
Esta mulher só está com o benfica quando se ganha, de resto é só bater em tudo e todos.

karlos disse...

BENFICA SEMPRE!

Somos liberdade, somos raça e ambição
Somos lealdade, somos força e coração
Somos um por todos e todos por um
Somos como mais nenhum

Somos vontade, somos crença e paixão
Somos amizade, somos tempo e tradição
Somos muito mais que aquilo que se diz
Somos a bandeira de um País

Benfica, Benfica, Benfica Sempre!
Benfica, Benfica, Benfica Sempre!
Benfica, Benfica Sempre!

Temos a esperança a força e o saber
Temos confiança, temos o poder
Temos a vontade e a pressa de chegar
Temos asas para voar

Temos um passado, um presente e um futuro
De branco e encarnado, a força de um muro
Somos a glória, somos a fé
Somos SLB!

Benfica, Benfica, Benfica Sempre!
Benfica, Benfica, Benfica Sempre!
Benfica, Benfica Sempre!