março 22, 2011

Email Aberto _ Domingos Amaral


Honra

From: Domingos Amaral
To: André Villas-Boas

Caro André Villas-Boas
Apesar do título estar decidido, como aqui previ no final da quarta jornada (!), há ainda uma questão pendente entre o teu FC Porto e o meu Benfica. Lembras-te da tua provocação quando falaste em 10-1 no score entre os dois clubes? Certamente que sim. Foi enviesada, pois só levavas em conta o único jogo da era Jesualdo que te dava jeito. E deu mau resultado, pois a seguir perdeste.

Contudo, consolidar é pertinente. Eu explico: na época passada, em três jogos, o Benfica ganhou dois (na Luz, por 1-0, e no Algarve, por 3-0) e apenas perdeu no Dragão, por 3-1. O score dessa época é-nos assim favorável com 2-1 em vitórias e 5-3 em golos.

Depois, chegaste tu, ganhaste 2-0 em Coimbra, para a Supertaça, 5-0 em casa para o campeonato, perdendo depois, no Dragão para a Taça, por 0-2. Este ano, o score de vitórias está pois em 2-1 para ti, e 7-2 em golos.

Consolidemos agora as duas épocas: até aqui, em seis jogos, há 3 vitórias para cada lado, e o goal-average é favorável ao FC Porto, com 10 marcados contra 7 sofridos. A tua brincadeirinha dos 10-1 já parece intelectualmente desonesta, não é verdade?

Mas, olhe-se ainda para este essencial detalhe: desses seis jogos apenas um foi na Luz. E três foram no Dragão. Portanto, para as contas estarem fechadas, faltam os dois embates na Luz que aí vêm. Só aí, caro amigo, se poderá ver quem foi melhor, esta época ou, se preferires, no consolidado das duas! E, prometo-te que, para o Benfica, é uma questão de honra ganhar esses dois confrontos. Iremos encher a Luz para te fazer engolir a fraude aritmética dos 10-1. E provar que o que hoje alguns chamam, com um deslumbramento pacóvio, de “mind game”, às vezes não passa de uma mera “chico-espertice”.

In Record

Sem comentários: