março 28, 2011

Email Aberto _ Domingos Amaral



Um chinês

From: Domingos Amaral
To: Paulo Futre

Caro Paulo Futre
À hora a que te escrevo ainda não sabemos quem será o novo presidente do Sporting, mas já sabemos que a tua conferência de imprensa entrou para a história dos momentos inesquecíveis da televisão portuguesa. Há muito que não me ria tanto, e nos dias seguintes, em qualquer sítio que se juntassem mais de dois portugueses, alguém tentava imitar-te, à tua intensidade alucinada, à tua pronúncia geograficamente inexplicável, pois nem era espanhola nem portuguesa, mas especialmente às tuas maravilhosas teorias sobre táticas, balneários, espíritos de grupo, contratações e, mais do que tudo, a teoria do chinês. Será, para sempre, um momento para recordar. Tal como todos se lembram do Marco, no “Big Brother”, quando ele dizia “falam, falam, mas não os vejo a fazer nada”, as pessoas recordar-te-ão a falar do extraordinário vigésimo jogador que irias contratar para o Sporting, um chinês! Sim, um chinês! Mas, como explicaste, não era um chinês qualquer, de olhos em bico e gosto por shop suei, era o “melhor jogador chinês da atualidade”! Genial, a sugestão, mas mais genial ainda a razão! O Sporting teria um chinês porque assim viriam “charters”, “todas as semanas”, com “400 chineses”, para assistir aos jogos do Sporting. E que ainda por cima, conseguiriam “descontos” em restaurantes e museus! Um chinês… charters… 400 chineses… em Alvalade… a visitar museus e a comer em restaurantes… genial, não é? Portugal inteiro rebolou-se a rir, e tenho portanto de te agradecer. Obrigado por nos teres dado este momento, pois, em época de crise, rir é o que nos resta, e tu conseguiste fazer rir o país inteiro.

In Record

Sem comentários: