maio 08, 2011

2ª taça CERS conquistada


O hóquei em patins do Sport Lisboa e Benfica voltou a fazer história na Europa. A formação de Luís Sénica esteve imparável durante toda a prova e conquistou o troféu em Espanha, com enorme justiça, ao derrotar a equipa da casa, por 4-6. Destaque, ainda, para o “poker” de Diogo Rafael.

As equipas entraram no encontro com uma postura de contenção, mas com o passar dos minutos os benfiquistas foram tomando conta das operações e marcaram dois golos em cinco minutos. O tento inaugural foi da autoria de João Rodrigues (14’), num remate potente, depois de uma jogada individual de Valter Neves e o segundo pertenceu a Diogo Rafael (19’) com uma bomba de meia distância.

O Vilanova reduziu aos 23 minutos, com Jordi Ferrer a contar com alguma sorte num ressalto, mas o Benfica voltou a mostrar que era superior, logo no minuto seguinte, outra vez com Diogo Rafael a brilhar. Ao intervalo a vantagem era justíssima.

Nos primeiros dez minutos do segundo tempo não houve golos, embora o Benfica fosse sempre mais perigoso no ataque, no entanto, o Vilanova até marcou primeiro, por Roger Rocasalbas (11’). Quem ainda não estava satisfeito era Diogo Rafael, que voltou a fazer mais dois golos (13’ e 14’) e quase selou a vitória europeia da formação de Luís Sénica.

Os espanhóis nunca desistiram e aos 19 minutos, Jordi Galan fez o 5-3, levando esperança às bancadas. Essa mesma esperança voltou a perder-se aos 20 minutos, porque Luís Viana se encarregou da marcação de um livre directo e deu espectáculo com uma série de simulações decisivas. Com a partida praticamente fechada, Jordi Ferrer bisou (23’), mas o triunfo europeu já não fugia à turma da Luz.

A Taça CERS volta a ser conquistada volvidos 20 anos (1990/91) da última vitória. A secção de hóquei em patins está de parabéns!

Sem comentários: